Pular para conteúdo principal
Resiliência: 4 Características De Uma Pessoa Altamente Resiliente

Resiliência: 4 Características de uma pessoa altamente resiliente

Resiliência: 4 Características de uma pessoa altamente resiliente

O que é resiliência?Resiliência é a capacidade de…

passar por problemas, enfrentar obstáculos e manter a qualidade de vida não deixando a saúde física e emocional serem abaladas.

É a habilidade de resistir aos problemas que a vida nos coloca, adaptando-se a estas situações e, ao mesmo tempo, mantendo-se o foco nos objetivos e metas que estabelecemos.

Já de inicio você pode estar pensando o quão difícil é ter essa habilidade, mas na verdade é uma habilidade que pode ser treinada. Este treinamento pode ser realizado com ajuda de um profissional da psicologia em consultório ou nas terapias de imersão como o treinamento Leader Training.

Neste texto vou listar quatro características de uma pessoal altamente resiliente e dar dicas de como desenvolver essas características.

Pessoas resilientes são flexíveis

A flexibilidade é uma das características de pessoas resilientes. Flexibilidade é a capacidade de adaptação das pessoas em diversas situações, inclusive quando estão passando por adversidades. O controle das emoções e o raciocínio lógico para resolver problemas trazem a capacidade de se adaptar a estas situações e enxergar algo de positivo no problema.

As pessoas flexíveis controlam suas emoções, sabem o momento de serem mais sérias ou mais extrovertidas, não perdem o controle das emoções em meio aos desafios que a vida lhe mostra.

Para se tornar uma pessoa flexível tenho cinco dicas para você:

  1. Estar aberto a novas ideias.
    2. Mudar de opinião quando necessário e entender que isso não é um problema.
    3. Perceber que para cada problema existe um aprendizado.
    4. Tirar o foco no pensamento negativo e pensar no que existe de positivo nas situações do dia-a-dia.
    5. Praticar a gratidão, ou seja, agradecer por tudo de bom, mesmo que pequeno, que acontece durante o dia.

Ter clareza na comunicação

Pessoas resilientes praticam uma comunicação assertiva. Elas têm a capacidade de escutar e entender o que as outras pessoas falam. Sabem como passar para o outro sua informação com clareza.

Isso parece simples, mas quantas vezes você está preparando uma resposta em sua mente antes mesmo da outra pessoa terminar de falar? Neste caso, como sua resposta será adequada se você ainda nem ouviu o que o outro tem a dizer.

As pessoas que se comunicam bem escutam e só depois de entenderem o que o outro está transmitindo, formulam sua resposta. A grande dica aqui é parar o seu programa mental enquanto estiver ouvindo a outra pessoa. Se esforce para realmente ouvir o que a outra pessoa está falando, o que ela quer comunicar a você, e então formule o que quer comunicar.

Não é uma tarefa fácil, mas com a prática a comunicação assertiva e sem ruídos lhe trará um poder enorme na resolução de problemas e também evitará que outros problemas surjam, já que muitos acontecem por conta de ruídos na comunicação.

Saber lidar com pessoas difíceis

Saber lidar com pessoas difíceis a principio para um grande desafio, mas veremos que não é tão complicado assim. É possível criar estratégias para lidar com pessoas difíceis e as pessoas altamente resilientes fazem isso muito bem.

A dica é observar a pessoa que você identifica como difícil e analisar os comportamentos dessa pessoa. Analisar o emocional dessa pessoa e descobrir quais são suas crenças e valores. Assim, vai ficar mais fácil de conseguir uma estratégia de como ligar com essa pessoa.

As pessoas resilientes rapidamente identificam a arrogância, os comportamentos agressivos e sabem muito bem lidar com isso.

Pessoas difíceis são arrogantes, são mais incisivas, não se importam com o que os outros estão falando e normalmente precisam deixar as pessoas ao seu redor acuadas. Esses comportamentos estão relacionados aos medos, inseguranças e talvez ao sentimento de rejeição dessa pessoa difícil. Então ela precisa deixar o outro acuado para que o este sinta mais medo do que ela sente. Isso faz com ela se sinta mais corajosa do que o outro. E ela se sentindo assim, deixando o outro acuado, traz uma sensação agradável.

Outra sensação que geralmente uma pessoa difícil tem é a carência ou sentimento de rejeição. Talvez a forma dela não demonstrar essa carência ou essa rejeição pode ser através da agressividade, pode ser que ela seja mais incisiva e agressiva mesmo.

As pessoas resilientes não se colocam nessa posição de sentir mais medo do que a pessoa difícil, ou de se sentir acuada. Elas criam estratégias para lidar com essa pessoa. Você deve estar se perguntando: Como elas criam essas estratégias?

O primeiro a fazer é não acionar a rejeição nela e sanar suas carências. Deixar ela a par do que está acontecendo para evitar a rejeição. Falar mais com essa pessoa e ouvir suas ideias para que através dessas conversas você consiga se aproximar. Agora que você entende os motivos dessa pessoa ser mais difícil, fica mais fácil criar estratégias, e mudar alguns pontos na maneira de agir com a pessoa difícil.

Se você conseguir identificar onde ela sente medo, conseguir identificar quais são as carências dela e em que momento ela se sente rejeitada, então, você vai conseguir identificar uma estratégia para lidar com essa pessoa no trabalho ou em qualquer outro ambiente.

Saber lidar com o estresse

As pessoas resilientes sabem que o estresse é um dos grandes causadores de doenças e buscam maneiras de evitar a fadiga emocional e também o desgaste físico. Ter uma boa saúde emocional implica em saber evitar ou diminuir o estresse. Mesmo em dias altamente estressantes as pessoas resilientes têm recursos para eliminar os sintomas do estresse e recuperar suas forças para o dia seguinte.

As dicas aqui são o autoconhecimento, buscar um lugar tranquilo e atividade física.

O autoconhecimento é muito importante para saber o que pode te tirar do seu centro emocional e, assim, evitar ou criar maneiras de encarar o medo, a rejeição ou qualquer outro sentimento ruim que pode potencializar o estresse. Quanto mais você conhecer a si mesmo, mais você poderá enfrentar situações estressantes com serenidade e sabedoria.

Existem varias maneiras de desenvolver autoconhecimento, a meditação é uma delas. Aqui na Arita Treinamentos oferecemos o Leader Training, uma terapia de imersão onde você poderá trabalhar o seu emocional e desenvolver habilidades que aumentarão e muito o seu autoconhecimento, sua autoestima e consequentemente sua resiliência.

Outra maneira de fugir do estresse e aumentar sua resiliência é encontrar um lugar tranquilo para você se reconectar consigo mesma. As pessoas resilientes as vezes precisam de um ambiente só delas e neste ambiente podem ler, estudar, descansar ou fazer tudo que as deixam mais em paz com elas mesmas.

A atividade física também é muito importante para evitar o estresse e preparar o corpo para uma vida saudável. Sabemos que a atividade física pode reduzir e muito o estresse e trazer um bem estar enorme.

Essas foram as dicas para se tornar uma pessoa altamente resiliente. Espero que tenham gostado e agora vou disponibilizar um resumo no formado de infográfico que você poderá compartilhar com seus amigos.

Visite nosso site www.arita.com.br

Infográfico

Abr4ços da Lizandra

Back To Top