Pular para conteúdo principal
Inteligência Emocional

Inteligência emocional

2 dicas para aumentar incrivelmente sua inteligência emocional

A inteligência emocional é a capacidade de reconhecer e avaliar as suas… próprias emoções e as dos outros, bem como a capacidade de lidar com elas.

Howard Gardner introduziu os conceitos de inteligência emocional  intrapessoal e interpessoal em sua teoria das inteligências múltiplas. A inteligência intrapessoal é a capacidade de que uma pessoa de identificar as próprias emoções e sentidos e saber lidar com eles. Já a inteligência interpessoal é a capacidade de identificar e entender as emoções de outras pessoas.

Muitos outros pesquisadores da área desenvolveram conceitos que ao decorrer do tempo se consolidaram como inteligência emocional. Daniel Goleman definiu inteligência emocional como a capacidade de identificar os nossos próprios sentimentos e os dos outros, de nos motivarmos e de gerir bem as emoções dentro de nós e nos nossos relacionamentos.

A inteligência emocional também pode ser dividida em cinco habilidades intrapessoais e interpessoais.

Intrapessoais:

1 – Autoconhecimento emocional – Reconhecer suas próprias emoções e como elas podem afetar seus pensamentos e comportamentos.

2 – Controle emocional – Ser capaz de controlar seus sentimentos e controlar suas emoções de maneira saudável.

3 – Automotivação – Direcionar suas emoções a favor de seus objetivos, por exemplo, transformar sua raiva em coragem para agir e atingir seus objetivos.

Interpessoais:

4 – Reconhecer emoções em outras pessoas – Reconhecer as emoções, necessidades e preocupações de outras pessoas.

5 – Habilidades em relacionamentos interpessoais – Saber como desenvolver boas relações, utilizando competências sócias, comunicar com clareza, inspirar e influenciar os outros e trabalhar bem em equipe.

Agora que já sabemos o que é a inteligência emocional precisamos saber como desenvolver essas habilidades já que apenas ler sobre o assunto não é o suficiente, precisamos colocar em prática e agir para que adquirir hábitos que aumentarão sua inteligência emocional melhorando suas relações em várias esferas da sua vida.

São duas dicas porque uma envolve as habilidades da inteligência intrapessoal e a outra a inteligência interpessoal.

Dica 1 – Aprenda a negociar com você mesmo.

Sabe aquela voz que está aí na sua mente sempre conversando com você? Essa mesmo! Conversamos e negociamos com nós mesmos durante vários momentos do dia, mas você sabe o quão isso é poderoso?

Nossa mente é composta de várias partes, como se fosse várias versões de nós mesmos. É por isso que em muitos momentos ficamos na dúvida quando precisamos escolher algo.

Agora o mais importante é que você aprenda a conversar com essas partes e entender qual a intenção positiva de cada sentimento que uma dessas partes pode lhe trazer. Por exemplo, se você sente medo, aceite e pergunte a você mesmo do que e por que está com medo. Isso lhe ajudará a entender que o medo também tem uma intensão positiva, um bom exemplo disso é quando você está com medo de fazer uma prova. Tudo bem que isso aconteça, você pode estar com medo por que esta prova é importante para você. Neste caso, se você negociar com você mesmo, o medo pode se tornar em uma atenção maior durante a prova o que lhe trará uma maior nota.

E quando a pessoa está se olha no espelho e se sente mal consigo mesmo. Ela pode se perguntar qual sentimento é este e conversar com a parte que lhe traz esse sentimento. Talvez seja um sentimento de rejeição por não estar no peso ideal. Então, se for o caso, negocie com você mesmo, diga a essa parte que cuidara melhor de seu corpo e faça isso!

Lembre-se de que se você não honrar com este acordo voltará a sentir o mesmo sentimento. Então grave essa frase poderosíssima. Se você acordou que fará uma caminhada de 30min por dia às 9h da manhã ou às 22h, quando essa hora chegar fale para você mesmo: Faça isso agora! Isso lhe dará força e ficara gravado em sua mente para que realize o acordo e se sinta bem ao se olhar no espelho todos os dias. Após o exercício olhe para o espelho e diga: Sou linda e maravilhosa! Converse e negocie com suas partes e aumentará sua inteligência emocional.

Entender as intenções positivas de cada sentimento lhe ajudará a desenvolver as habilidades de autoconhecimento emocional, controle emocional e automotivação.

Dica 2 – Aprenda a ouvir as outras pessoas e entender a intenção positiva nas ações delas.

Será que você está mesmo ouvindo o que as outras pessoas estão falando para você? Essa pergunta parece óbvia, mas na verdade não é!

Normalmente quando uma pessoa está falando a outra já está formulando uma resposta antes mesmo da primeira terminar sua fala. Isso dificulta e muita a comunicação e com isso impede que uma pessoa entenda a intenção positiva da outra, atrapalhando a relação interpessoal.

O ideal é que você diminua ao máximo seu programa mental enquanto a outra pessoa fala para que possa ouvir e entender o que o outro diz e entender também qual a intensão positiva, interesses e sentimentos que ela está demonstrando.

Não é uma tarefa fácil, mas com tempo perceberá que isso aumentará seu poder de empatia, carisma e suas relações melhorarão incrivelmente.

Imagine quando alguém chega com uma voz alta e tom agressivo lhe falar algo que você normalmente lhe traria uma discussão. Normalmente quando alguém se comunica com tom agressivo e arrogante é porque está com medo de algo ou mesmo se sente rejeitado. No trabalho, por exemplo, talvez a pessoa não esteja sendo incluída em algum processo ou atividade e a forma de que ela achou de expor sua rejeição vou sendo arrogante. Assim, mesmo que inconsciente, tenta te colocar numa posição inferior.

Se você estiver atento à fala da pessoa e suas palavras, sua expressão corporal e tom de voz, você conseguirá identificar a intensão positiva, que neste caso é ser aceita e fazer parte da atividade. Quando você percebe que pode fazer isso, não ficará numa posição inferior e com calma pode falar que entende o que o outro está dizendo e que pode resolver o problema. Você pode até evitar que isso aconteça novamente, deixando essa pessoa a par dos processos e atividades que estão acontecendo.

Perceba que todo comportamento tem uma intensão positiva, e saber ouvir e encontrar essa intenção lhe trará a habilidade de reconhecer as emoções em outras pessoas e também a habilidade de ter bons relacionamentos interpessoais.

Abr4ços da Lizandra

Back To Top