Pular para conteúdo principal

Áreas de atuação

Autoconhecimento

Ter a percepção clara de quem somos, nos permite ponderar nossas atitudes diante das mais diversas situações do dia a dia.

Psicologia

Estudar o comportamento humano, os processos mentais, compreender as emoções e a forma de pensar do indivíduo.

Palestras e Cursos

Você conhecerá melhor suas qualidades, limitações e essência, algo que refletirá em todos os aspectos de sua vida.

Especialidades

Psicologia Clínica, Programação Neuro Linguística, Psicodinâmica em Negócios, Gerenciamento de Emoções e Conflitos.

[]
1 Step 1

Faça aqui, seu pré agendamento

Retornaremos seu contato

Seu nome:seu nome
Melhor dia para contato:of appointment
date_range
Melhor horário para contato:Escolha!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Lizandra Arita
Siga Lizandra Arita no Facebook
Siga Lizandra Arita no Instagram
  • Parte indissociável da nossa trajetória de vida, a frustração é produto de um resultado negativo, quase sempre inesperado, do qual normalmente temos pouco ou nenhum controle. É uma mistura de sentimentos, onde se sobressaem a decepção e a impotência. Todos nós já passamos e/ou ainda vamos passar por isso, já que o mundo não é (e nem nunca será!) feito à imagem e semelhança de nossas predileções. Mas, mais importante que a frustração em si, é o modo como reagimos a ela. Você, por exemplo, com lida nesses momentos? Explode de raiva, culpa a tudo e a todos por algo que não saiu como você gostaria ou esperava? Caso tenha respondido positivamente, é possível que você sofra de baixa tolerância à frustração. Crianças em geral, naturalmente, sofrem deste mal. É o processo gradual de amadurecimento e aprendizagem que faz com que elas desenvolvam, com o tempo, a capacidade de lidar melhor com situações adversas. Mas algumas pessoas, mesmo na fase adulta, não conseguem entender que nem tudo o que querem é possível de ser obtido. São pessoas que têm um medo enorme do fracasso e um nível de paciência muito baixo, e facilmente partem para a agressão como forma de extravasar. Porém, é possível reverter esse quadro. Primeiro, é preciso entender que quase tudo é passageiro, contornável - o mundo, afinal, é dinâmico! Segundo, temos de ter consciência de que a perfeição não existe - falhas, erros e até injustiças fazem parte da vida. Terceiro, há sempre uma nova oportunidade para tentar novamente - e quem fica lamentando invariavelmente deixa passar. Finalmente, temos de saber que a sociedade é feita de opiniões e interesses difusos, muitas vezes conflitantes e contraditórios. Por isso, aprenda a controlar suas frustrações, e viva com mais serenidade e equilíbrio. #lizandraarita #lizandraaritapsicologia #psicologia #psicoterapia #terapia #saudemental #sejamaisfeliz #bemestar #psicologiaclinica #psicodinâmica
  • A vida imita arte, diz o famoso adágio popular. E olha, isso acontece com muito mais frequência do que a gente imagina. Veja o caso da novela “Gabriela”, que fez muito sucesso na década de 70. Adaptada da obra homônima de Jorge Amado, a trama retratava a história de uma mulher incapaz de se adaptar aos costumes da época, que se recusava a moldar seu jeito espontâneo (e um pouco rude) para se enquadrar na cidade em que vivia. A música tema, composta por Dorival Caymmi e interpretada por Gal Costa, imortalizou os versos que definiriam para sempre a personalidade da protagonista: “eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim, vou ser sempre assim…Gabriela”. Pois bem, foi desta obra, desta personagem fictícia, que a psicologia encontrou a inspiração para definir uma patologia peculiar, que acomete as pessoas que acreditam que não precisam mudar ou adaptar seu comportamento, sob quaisquer condições ou situações. Quando observada de maneira isolada e descontextualizada, esta conduta pode ser interpretada até como positiva, uma vez que denotaria autoestima, autoconfiança, determinação, foco. Porém, na existência de uma recusa inviolável de flexibilizar certos padrões e opiniões, tem-se uma pessoa intransigente, antipática, muitas vezes arrogante, que pode se fechar em sua bolha, se asfixiar nas verdades absolutas de sua zona de conforto, perdendo diversas oportunidades e desgastando relacionamentos. Ao se recusar a mudar, supondo que nasceu daquela maneira e assim permanecerá até o fim da vida, o indivíduo dificulta seu progresso. As transformações fazem parte da evolução e é preciso se abrir para o novo, de forma a rever conceitos e abandonar crenças limitantes. Para combater esta síndrome, é fundamental estimular a autocrítica e trabalhar o autoconhecimento. #lizandraarita #lizandraaritapsicologia #psicologia #psicoterapia #terapia #saudemental #sejamaisfeliz #bemestar #psicologiaclinica #psicodinâmica
  • Conquistar é algo inerente à nossa existência, indissociável da própria evolução da vida como a conhecemos hoje. Foi por meio de suas conquistas que o ser humano se tornou o que é hoje, moldou sua sociedade, rompeu barreiras, fez descobertas, criou e modificou quase tudo a seu redor. Mas quando falamos de conquistas, precisamos dissociar o conceito da ideia simplista de acúmulo de bens materiais. Porque é inevitável não pensar imediatamente em riquezas quando se fala de conquistas. Não que haja algo de errado com isso. Muito pelo contrário. O sucesso financeiro é parte importantíssima desse processo. Todos queremos morar em uma casa boa, estudar em boa faculdade, viajar para os belos lugares do mundo. Tá certo, tá justíssimo! Mas o ato de conquistar pressupõe não só o fim, mas também (e principalmente!) o meio! Conquistar é, antes de qualquer coisa, a capacidade que cada um de nós tem de definir anseios e necessidades, de escolher prioridades, de estabelecer uma determinada meta, de traçar uma estratégia, de se preparar, se capacitar e se dedicar efetivamente para, finalmente, alcançar a conquista. Trata-se de um trajeto, consciente, premeditado, rumo a um destino, a uma linha de chegada. Conquista não é sorte, nem acaso. Conquista é planejamento, é resiliência, é desempenho, é mérito acima de tudo. O triunfo de cada pessoa é parte de um processo estritamente individual, muitas vezes transitório, que muda de acordo com a fase que vivemos ou das etapas que percorremos. Alguns desejam respeito, outros poder, todos, um grande amor. Hoje em dia, as conquistas que almejamos mudaram muito e ficaram cada vez mais complexas, dinâmicas, misturadas, e nós precisamos entender estes espectros a fundo, para nos descobrirmos e nos satisfazermos plenamente. Coloque os seus sonhos em perspectiva e conquiste! #lizandraarita #lizandraaritapsicologia #psicologia #psicoterapia #terapia #saudemental #sejamaisfeliz #bemestar #psicologiaclinica #psicodinâmica

Blog da Lizandra

Back To Top