Pular para conteúdo principal

Áreas de atuação

Autoconhecimento

Ter a percepção clara de quem somos, nos permite ponderar nossas atitudes diante das mais diversas situações do dia a dia.

Psicologia

Estudar o comportamento humano, os processos mentais, compreender as emoções e a forma de pensar do indivíduo.

Palestras e Cursos

Você conhecerá melhor suas qualidades, limitações e essência, algo que refletirá em todos os aspectos de sua vida.

Especialidades

Psicologia Clínica, Programação Neuro Linguística, Psicodinâmica em Negócios, Gerenciamento de Emoções e Conflitos.

[]
1 Step 1

Faça aqui, seu pré agendamento

Retornaremos seu contato

Seu nome:seu nome
Melhor dia para contato:of appointment
date_range
Melhor horário para contato:Escolha!
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right
Lizandra Arita
Siga Lizandra Arita no Facebook
Siga Lizandra Arita no Instagram
  • Dentre as inúmeras doenças mentais existentes, umas das que mais chamam atenção é a Síndrome de Cotard. Também conhecida como Síndrome do Cadáver Ambulante ou Delírio de Negação, trata-se de um distúrbio psicológico grave e raro, em que a pessoa acometida acredita não apenas que já está morta, mas também que seu corpo encontra-se em plena decomposição, de maneira que sua existência é improvável e fictícia. As causas desta patologia estão associadas a alterações em determinadas áreas do cérebro, atrofia cerebral, transtorno bipolar, esquizofrenia, e casos de depressão profunda e prolongada. A doença provoca uma alteração na intensidade das emoções, fazendo com que o paciente perca energia vital e seja dominado pela ansiedade e negatividade. O sintoma central desta patologia é a convicção dos pacientes de estarem mortos, a ponto de terem delírios sensoriais e olfativos, de que seus órgãos estão apodrecendo. Isso, por sua vez, induz a outros problemas, como a percepção de que não sentem dores e de que não correm riscos, já que não podem nem sofrer, nem adoecer, nem morrer - pois já estão mortos. Isso induz às pessoas a se envolverem em situações perigosas e até suicidas. Em alguns casos, as pessoas que possuem os sintomas também podem não se reconhecer no espelho, nem conseguem identificar familiares ou amigos, por exemplo. A Síndrome de Cotard não tem cura e o tratamento é voltado apenas para controlar as alterações psicológicas. Para isso, faz-se uso de remédios antidepressivos, anti-psicóticos ou estabilizadores e, nos casos mais graves, podem ser indicadas sessões de terapia eletroconvulsiva, para estimular certas áreas do cérebro e controlar os sintomas. Devido a periculosidade da doença, é necessário que se busque a ajuda de um especialista ao menor sinal da Síndrome de Cotard. #lizandraarita #lizandraaritapsicologia #psicologia #psicoterapia #terapia #saudemental #sejamaisfeliz #bemestar #psicologiaclinica #psicodinâmica
  • A expetativa que temos das pessoas ao nosso redor é sempre muito elevada. Esperamos mais de nossos pais, de nossos filhos, de nossos irmãos e irmãs, de nossos chefes e funcionários, de nossos amigos. De todos, em geral. Mas o que temos feito para suprir a expectativa que eles têm em relação a nós mesmos? Na maior parte das vezes, a melhor forma para encontrar a harmonia em nossas relações interpessoais é dar o primeiro passo. É fazer o que esperamos que façam conosco. Tome a iniciativa, faça! #lizandraarita #lizandraaritapsicologia #psicologia #psicoterapia #terapia #saudemental #sejamaisfeliz #bemestar #psicologiaclinica #psicodinâmica
  • A relação entre cônjuges impõe uma série de desafios, que precisam ser superados diariamente. Na maior parte das vezes, vivemos um dilema paradoxal de estar sempre em busca de um felicidade futura, idealizada, em detrimento de vivenciar o momento presente, ao lado do grande amor de nossa vida! Confira cinco segredos para desatar esse nó e ter um casamento mais feliz. Acesse nosso blog e confira o texto na íntegra: lizandraarita.com.br/blog-da-lizandra-arita #lizandraarita #lizandraaritapsicologia #psicologia #psicoterapia #terapia #saudemental #sejamaisfeliz #bemestar #psicologiaclinica #psicodinâmica

Blog da Lizandra

Back To Top